Categoria: Emagrecimento

Dieta em zigue-zague: uma nova dieta eficaz

Dieta em zigue-zague: uma nova dieta eficaz

Recentemente, a dieta em zigue-zague, desenvolvida há 15 anos nos Estados Unidos, está ganhando grande popularidade.
Agora, o interesse aumentou novamente devido a críticas positivas e exemplos ilustrativos das estrelas que o usam. A desenvolvedora deste sistema alimentar é Carla Gugino, cuja principal tarefa não era apenas perder peso, mas também mantê-lo por um longo tempo. Saiba mais em https://www.ssinvestimentos.com/moder-diet/.

 

A principal regra da dieta em zigue-zague é muito simples: alternar carboidratos por dia. Alternando os dias em que você come alimentos pobres em carboidratos com os dias em que os carboidratos prevalecem na dieta, até 20 kg podem ser perdidos por mês. excesso de peso. As mulheres que usaram essa técnica recomendam aderir a ela por cerca de dois meses, interrompendo a dieta em ciclos de quatro dias: os dois primeiros dias são baixos em carboidratos, o dia é rico em carboidratos e o quarto dia é equilibrado quando você pode usar uma quantidade igual de carboidratos e proteínas. Cada ciclo de 4 dias permite eliminar 1-1,5 kg. excesso de peso. Os carboidratos durante a dieta entram no corpo exatamente na quantidade que não pretende usar os músculos como fonte de energia, resultando em uma aceleração dos processos metabólicos e o peso diminui.

Se você pratica esportes, lembre-se de que as aulas são melhores no dia 4, pois o corpo nesse dia será o mais estável e poderá lidar com qualquer estresse físico sem estresse.

Para mais dicas veja http://ladycade.org/dieta-preguicosa/.

Menu low carb

Primeiro café da manhã: 150 g de queijo feta, omelete a vapor.
Segundo café da manhã: 2 cheesecakes no vapor.
Almoço: caldo de galinha, 200 g de abobrinha cozida, chá sem açúcar.
Lanche: panquecas de queijo cottage.
Jantar: 200 g de bacalhau assado, salada de 1 pepino e tomate.

Menu alto teor de carboidratos

Primeiro café da manhã: 200 g de mingau de trigo, pão de cereais, água com limão.
Segundo café da manhã: 1 kiwi e laranja, a partir do qual você pode fazer uma salada, complementando-a com molho de limão.
Almoço: sopa de leite com macarrão, chá.
Lanche: 1 toranja ou pêra.
Jantar: mingau de arroz com uma fatia de coelho assado, salada.

Um menu equilibrado com igual teor de proteínas e carboidratos

Primeiro café da manhã: mingau de milho, um copo de iogurte.
Segundo café da manhã: 1 banana ou 200 g de morangos.
Almoço: sopa de peixe, um pedaço de pão com farelo, uma maçã.
Lanche: marshmallows de coalhada dietética.
Jantar: almôndega picada, legumes cozidos, iogurte.

A composição da dieta no primeiro e no segundo dia (baixo carboidrato):

Proteína – 3-4 g por quilograma de peso,
Carboidratos – 0,5 g por quilograma de peso,
Gorduras – 0,5 g por quilograma de peso.

A composição da dieta no terceiro dia (alto carboidrato):

Proteína – 1-1,5 g por quilograma de peso,
Carboidratos – 5-6 g por quilograma de peso,
Gorduras – 0,5 g por quilograma de peso

A composição da dieta no quarto dia (moderada ):

Proteína – 2-2,5 g por quilograma de peso,
Carboidratos – 2-3 g por quilograma de peso,
Gorduras – 0.5 g por quilograma de peso.

Como perder peso após as férias: 6 dicas práticas

Como perder peso após as férias: 6 dicas práticas

Assim, as festas de fim de ano chegaram ao fim, terminando o tempo das festas e reuniões festivas. No ano novo, geralmente nos permitimos um pouco mais do que o permitido e, como resultado, ganhamos um par extra de quilos. Por duas ou três visitas à academia, certamente nos colocaremos em ordem, mas e aqueles que não têm essa oportunidade? E você precisa, apenas para quem quer perder peso ganho durante as férias, siga algumas dicas e tome junto Ketoday e o peso sairá o mais rápido possível.

 

Dica 1 – tome um bom café da manhã

Comece o seu dia com um café da manhã saudável de 200 a 300 calorias. Os produtos certos e os pratos do café da manhã garantirão excessos durante o dia e iniciarão o metabolismo. Proteínas com baixo teor de gordura, como amêndoas e grãos integrais (aveia), evitam saltos nos níveis de açúcar no sangue, estimulam a produção do hormônio serotonina, que nos ajuda a nos sentirmos mais alertas e evitar a depressão sazonal. Alimentos protéicos devem estar presentes no café da manhã, o que contribui para a formação de dopamina e noradrenalina – substâncias responsáveis ​​pela concentração e resposta adequada ao estresse.
É especialmente útil comer laticínios no café da manhã. Como resultado de estudos recentes, verificou-se que o uso de produtos lácteos ricos em proteínas (9,3%) pela manhã reduz a glicose no sangue e aumenta a saciedade durante o almoço. Um café da manhã com leite não apenas aumenta a energia durante todo o dia, mas também protege contra o diabetes, os cientistas têm certeza.

Dica 2 – beba mais água

No inverno, especialmente após feriados prolongados como o ano novo, os nutricionistas recomendam beber mais, principalmente para as mulheres. No inverno, devido ao aquecimento nos apartamentos, é muito quente e seco, o corpo precisa de mais fluido. Muitas vezes, confundimos sede com fome e, em vez de apenas reabastecer o balanço hídrico, comemos excesso de comida. Estabeleça a regra de beber pelo menos 2 litros de líquido por dia. Em casa e no trabalho, tome o hábito de beber 2 copos de água 30 minutos antes do almoço e mais 2 copos antes do final do dia útil. Aliás, isso ajudará a evitar crises de fome da noite.

Dica 3 – Tenha um dia de banho

A maneira mais antiga e segura de perder 2-3 kg após os excessos de férias é visitar uma sauna ou banho. Apenas visitar o banho é necessário com sabedoria e é melhor dedicar o dia todo. Prepare-se gengibre ou outro chá para perda de peso . Antes de entrar na casa de banho ou na sauna, esfregue a pele seca com um pouco de mel misturado com sal marinho. Depois de sair da sala de vapor, vista um roupão quente e sue por mais 10 minutos, depois de provar o chá preparado. Então tome um banho. Esfregue o corpo com uma toalha seca, aplique novamente a esfoliação e vá para a sauna a vapor por 7 a 10 minutos. Em apenas um dia, você precisa fazer de 5 a 7 chamadas com uma pausa para descansar.

Dica 4 – Coma refeições felizes

Um bom humor promove rápida perda de peso. Assim, o nutricionista britânico Kirsten Brooks acredita que, a fim de perder peso na dieta, devem ser adicionadas algas. Por exemplo, coma sushi ou adicione algas a pratos de carne e vegetais picados. O fato é que as algas são uma fonte natural de feniletilamina – um neuromodulador que estimula a síntese do hormônio serotonina e melhora o humor.
Coma mais frutas cítricas, por exemplo, para um lanche durante o dia. Os cheiros estimulam o sistema límbico do cérebro, responsável pela memória e pelas emoções.
E, no entanto, no inverno, muitas vezes congelamos e, por hábito, nos aquecemos com produtos mais calóricos e “prejudiciais”, como chá com bolo ou doces. A propósito, quando nos sentimos sozinhos ou tristes, nos tornamos fisicamente mais sensíveis ao frio, esse fato foi confirmado por cientistas de Toronto. Para não engordar, em vez de ir à geladeira, ligar para parentes ou amigos, ir ao cinema com eles, etc.

Dica 5 – semana de jejum

Após as férias, organize uma semana de descarga. Ajuste o seu menu em favor da fibra, o que ajudará a livrar o corpo de toxinas e 3-5 kg ​​extras. É permitido comer: legumes, trigo sarraceno, aveia, milho, macarrão de trigo grosso, nozes, legumes, ervas, frutas e frutos secos, frutas, pão integral, cogumelos, água potável e chá verde. Às vezes você pode comer peixe magro, carne magra e ovos cozidos. Açúcar, sal, café, sucos embalados e água com gás são estritamente proibidos.

Se você quer um resultado rápido, use a dieta de modelos de moda, projetados por três dias. Durante esses dias, você deve seguir um menu rigoroso: 1 ovo cozido no café da manhã, 150 g de queijo cottage sem gordura depois de três horas e no almoço outro 150 g de queijo cottage. Você só pode beber água potável ou mineral sem gás. Após o almoço e antes do café da manhã, não há refeições. Se você realmente quer comer – beba água ou 1% de kefir. Você precisa sair da dieta gradualmente, evitando comer demais e observando os princípios do PP.

Dica 6 – Massagem

Uma massagem ajudará a se livrar de alguns centímetros durante a semana. Passe todos os dias de manhã e à noite por sete dias. Pegue um pincel em uma alça longa – uma de madeira com cerdas naturais. Por 3-5 minutos em um movimento circular com diferentes graus de intensidade, massageie a pele seca. Termine a massagem acariciando a pele. Depois, tome um banho, limpe-se e aplique uma silhueta eficaz de modelagem de creme corporal.

DIETAS POPULARES PARA PERDA RÁPIDA DE PESO

DIETAS POPULARES PARA PERDA RÁPIDA DE PESO

Apesar de existirem centenas de dietas para rápida perda de peso no mundo, um resultado a longo prazo pode ser alcançado apenas mudando radicalmente seu estilo de vida. Considere os principais e veja por si mesmo!

Dieta magra Eficácia estimada: menos 4 kg por semana. A dieta é projetada para sete dias, cada um dos quais é estritamente agendado. O primeiro é um litro de leite. O segundo – 500 g de queijo cottage e 800 ml de suco sem açúcar (exceto uva e banana). O terceiro é fruto e um litro de água mineral sem gás. Quarto – uma dúzia de batatas cozidas em seus uniformes e novamente suco. Quinto – um quilo e meio de maçãs. Sexto – um quilo de carne magra e suco. Sétimo – apenas dois litros de kefir. Opinião do nutricionista:
800 kcal. Forte motivação é necessária para completar esta dieta. Tonturas, vários distúrbios autonômicos podem ocorrer. Para reduzir o risco de efeitos colaterais, é recomendado um complexo multivitamínico adicional. É aconselhável realizar uma dieta sob a supervisão de um médico.


Dieta de kefir e trigo sarraceno
Eficácia estimada: menos 7-12 kg em uma a duas semanas.

O trigo sarraceno, neste caso, não é fervido, mas apenas preparado: despeje água fervente na proporção de um copo e meio de água por copo de cereal, envolva-o bem e deixe-o durante a noite. Durante o dia, você pode comer o quanto quiser – sem temperar com especiarias, sal e molhos. E mais, beber um litro de 1% de kefir. Entre as refeições, você pode adicionar algumas frutas sem açúcar, salada de repolho, verduras e uma colher de mel – para não quebrar. E beba água ilimitada, chá verde ou ervas (pelo menos 1 litro por dia).
Opinião do nutricionista:Uma dieta com restrição de gordura com uma redução moderada de calorias. Seguindo essa dieta, você pode manter exercícios regulares, mas reduzi-los em intensidade em relação ao habitual em 30%. Durante muito tempo, é difícil manter essa dieta. A deficiência de vitaminas lipossolúveis, estagnação na vesícula biliar, osteoporose e outros distúrbios metabólicos também se desenvolvem.


Dieta protéica de dez dias. Eficácia estimada: menos 10 kg, além de músculos mais fortes. O próprio nome da dieta sugere que ela permite proteínas e em qualquer quantidade. Incluindo carne gordurosa, lingüiça, banha de porco, ovos. E proíbe carboidratos, não apenas farinha e doces, mas também qualquer pão, absolutamente todos os cereais, frutas e até alguns vegetais: cenoura, batata, milho, beterraba. Você não pode iogurte com iogurte, nem camarão com lula, nem fígado, nem nozes … Dos poucos que restam, você pode planejar sua dieta todos os dias: a combinação de produtos e o tamanho das porções são inteiramente a seu critério. H nenie nutricionista:

Dieta restrita a carboidratos. Mais adequado para menores de 30 anos. Rápida perda de peso pode ocorrer, especialmente na primeira semana. No entanto, aderir a essa dieta por muito tempo é muito difícil, mantendo um estilo de vida ativo e uma vida profissional. Alto risco de dores de cabeça, irritabilidade, ansiedade, depressão, transtornos do humor, sono, pressão alta, prisão de ventre ou dor nas fezes.


Montanha-russa de Martin Katana
Eficiência estimada: com 40 minutos de condicionamento físico por dia – 8 a 9 kg por semana.

Ele foi desenvolvido por três semanas, para cada uma das quais apenas as calorias são prescritas. Com base no que você decide o que vai comer em um dia específico. Nos três primeiros dias da primeira semana, você deve manter dentro de 600 kcal por dia, nos próximos quatro – 900 kcal. Na segunda semana, consumimos 1200 kcal por dia. E no terceiro, retornamos ao primeiro esquema.
Opinião do nutricionista : Uma opção de dieta hipocalórica, respectivamente, é a mesma desvantagem. A eficácia desse método é maior, porque mudanças na nutrição são combinadas com exercícios diários.


Dieta com leite e salada Eficácia estimada: menos 5 kg por semana. Tudo é extremamente simples: você alterna entre o dia do “leite” e a “salada”. No “leite”, você pode comer 500 g de queijo cottage sem gordura e beber 1 litro de kefir. E na salada – para consumir frutas e legumes em qualquer quantidade e, como opção, na forma de saladas, que podem ser temperadas com azeite ou óleo vegetal (dia de salada condicionalmente). Opinião do nutricionista:

Esta é uma alternância de dois dias de jejum clássicos durante a semana. No entanto, é mais racional passar o dia de jejum não mais do que uma ou duas vezes por semana. Os dias de carboidratos ou proteínas são mais comumente usados. A condução de dias de jejum por um longo período levará à perda de massa muscular e, como resultado, à saúde debilitada. Se esse método de perda de peso for o mais adequado para você, não deixe de tomar multivitaminas em paralelo, a atividade motora deve ser reduzida.


Dieta japonesa
Eficácia estimada: até 8 kg em 13 dias.

O menu desta dieta é muito detalhado nos 13 dias. No café da manhã, quase sempre – uma xícara de café com ou sem bolacha. Almoços e jantares são bastante variados e incluem porções de carne, peixe cozido ou frito, vegetais crus e cozidos com sabor de óleo, kefir, ovos, suco de tomate. Entre as refeições, você pode beber água ilimitada. Açúcar e álcool, farinha e confeitaria são estritamente proibidos. Todos os pratos são preparados e consumidos sem sal; caso contrário, como dizem os autores da dieta, ela simplesmente não funcionará. O resultado da “mulher japonesa” dura dois a três anos.
Opinião do nutricionista:se você seguir essa dieta por um longo tempo, poderá obter resultados sólidos. Mas o problema é que é muito difícil manter o resultado alcançado. Fome constante, pele seca, perda de cabelo e distúrbios do trato digestivo podem ser observados.


Armadilhas e contras de dietas expressas

  • O peso vai principalmente devido à água e retorna rapidamente após uma dieta.
  • Somente pessoas muito cheias perdem peso seriamente, mas não aquelas que pesam 65 a 70 kg.
  • É após dietas expressas, incluindo proteínas, que a pele afunda mais que tudo.
  • O trato gastrointestinal, fígado e rins sofrem com eles.
  • Por causa deles, o metabolismo diminui, fica mais difícil perder peso no futuro.

Opinião de uma profissional Anna Nikitova, médica de clínica geral, nutricionista, terapia de exercícios e medicina esportiva, chefe da divisão de Restauração Física do FizKult Sport club:
Portanto, apesar da variedade de dietas, é muito difícil escolher qualquer uma, porque cada destes, existem muitas restrições no conjunto de produtos e dieta. Além disso, todos eles têm desvantagens bastante tangíveis: sua principal desvantagem é que eles foram projetados para uso a curto prazo e, portanto, para um resultado a curto prazo. Retenção de peso não ocorre.
Acredito – e isso é confirmado pela minha experiência pessoal – que é impossível alcançar um resultado confiável a longo prazo com a ajuda de dietas engenhosas.
Para perder peso, você deve mudar completamente seu estilo de vida. A perda de peso é um conjunto de medidas e regras inter-relacionadas que devem ser seguidas todos os dias.
Meu programa de sobrepeso é uma abordagem integrada que permite que uma pessoa mude com segurança e conforto seu estereótipo usual de nutrição e atividade física.

Para um melhor desempenho em qualquer dieta experimente Termogênico Thunder Effect

Como fazer uma barriga lisa: 4 dicas que funcionam

Como fazer uma barriga lisa: 4 dicas que funcionam

 

Queimar gordura na cintura pode ser uma tarefa bastante assustadora, que levará mais de um mês. Além do fato de que, devido ao excesso de gordura na cavidade abdominal, você não pode colocar seus jeans favoritos (ou pode, mas você só precisa ficar com eles o tempo todo), uma “linha de vida” na cintura pode causar estresse. E o estresse, como você sabe, é uma das razões para o acúmulo de gordura no abdômen. Este ainda tem um nome – um estômago com cortisol. Acontece que, devido ao estresse e a vários outros fatores, o corpo acumula gordura na cintura, o que acaba causando o estresse. Como quebrar esse círculo vicioso? Como deixar o estômago liso? 

Se você acha que seu estômago é uma área problemática, você não está sozinho. É especialmente uma pena se você já perdeu peso, mas o objetivo estimado na forma de uma barriga lisa ainda está longe. Sim, em muitas mulheres, a perda de gordura na área da cintura é muito mais lenta do que em todo o corpo. Mas, felizmente, isso não é uma sentença. Existem várias estratégias que são especialmente eficazes na redução do tamanho da cintura.

Mas primeiro, vamos destacar o “i”: perda de peso e perda de gordura são duas coisas diferentes. Você pode perder peso, mas devido à perda de excesso de líquido, não de gordura. Outro problema – não há gordura no estômago, mas está longe de ser plana. Isso também acontece e a causa pode ser inchaço ou músculos abdominais fracos. Portanto, para atingir seus objetivos, você não pode trabalhar exclusivamente com essa área problemática. É importante prestar atenção ao seu corpo como um todo. Então você obterá melhores resultados. 

Então, como você consegue uma barriga lisa? Siga estas dicas.

Controle sua dieta

Você acha que os cubos da prensa entrarão em erupção assim que você completar uma certa quantidade de torção? Não importa como! Tudo começa com a nutrição. Note, não com dieta, mas com nutrição. Para perder peso, você precisa comer. E coma a comida certa.

Seus hábitos alimentares são fundamentais para conseguir uma barriga lisa . Para alcançar seu objetivo, você precisa:

Livre-se de todos os alimentos processados, fast food, batatas fritas, refrigerantes, etc. Todo o açúcar e sódio extras provavelmente impedirão que você engorde não apenas no estômago, mas em todo o corpo (você sabe, a gordura não é queimada localmente, apenas no complexo). Não se esqueça – o açúcar está oculto em muitos produtos onde você nem espera vê-lo. É encontrado em todos os iogurtes com coberturas, molhos, salsichas, pão, etc.). Tente comer apenas o que você cozinha ou leia a embalagem do produto com mais cuidado;

diversifique sua dieta com alimentos integrais: frutas, legumes, proteínas com baixo teor de gordura, carboidratos lentos na forma de cereais integrais e pão, macarrão com trigo duro e, é claro, gorduras amigas do coração! É isso que você precisa para não sentir vontade de interromper seu plano de alimentação saudável com um hambúrguer com gordura;

faça um déficit calórico: para perder peso devido ao excesso de gordura, não à água, é importante consumir menos calorias do que você gasta por dia. A ingestão diária de calorias depende do seu corpo, sexo e estilo de vida. Calcule sua dose diária e subtraia 500 calorias para começar a perder peso;

beba bastante água. Isso evitará inchaço e ajudará a aumentar o metabolismo. Algumas bebidas também podem ajudar a reduzir o inchaço. Por exemplo, chá de gengibre, matcha, chá verde, camomila, Easy Belt e chá de menta, água com limão. 

Fique longe do álcool

Este pode não ser o item favorito de muitos, mas realmente importa. O álcool não é apenas cheio de calorias vazias, mas também libera estrogênio na corrente sanguínea, o que pode levar ao ganho de peso. Se você realmente leva a sério seu objetivo de ter uma barriga lisa, minimize o consumo de álcool. Um copo de vinho por semana não vai doer, mas não se empolgue.

Adicione probióticos

Os probióticos são bactérias vivas que desempenham um papel importante na redução e manutenção de um peso saudável. Um estudo recente mostrou que em pessoas com sobrepeso e obesidade, a composição das bactérias intestinais é diferente das pessoas com peso normal, o que pode afetar o ganho de peso e a distribuição de gordura. O uso regular de probióticos pode mudar o equilíbrio para a flora intestinal benéfica, reduzindo o risco de ganho de peso e acúmulo de gordura na cavidade abdominal. 

Os alimentos mais úteis com probióticos são iogurtes (sem aditivos), kefir, tempeh (produto fermentado de soja), missô, vinagre de maçã, queijos fermentados (gouda, cheddar, mussarela), queijo cottage, kimchi e chucrute.

Há também uma ampla seleção de suplementos probióticos. No entanto, esses suplementos geralmente contêm várias cepas de bactérias, portanto, consulte seu médico antes de tomar qualquer suplemento. 

Fortaleça os músculos do núcleo, não apenas os abdominais

Concentrar-se exclusivamente em áreas problemáticas pode ter conseqüências desagradáveis: quanto mais você estiver obcecado em bombear a prensa, maior será sua cintura. Você pode fazer quantas voltas quiser, mas não verá a imprensa. Porque as torções são destinadas a apenas um grupo muscular, mas queimam um mínimo de calorias. E isso significa que você não vai perder gordura. A impressora aparecerá, mas sob a camada de gordura. Os músculos aumentarão de volume, assim sua cintura ficará ainda mais larga. 

É quase impossível obter cubos abdominais com exercícios direcionados para esta zona, se você tiver uma camada de gordura por cima. Quer um estômago liso? Comece reavaliando seus objetivos. Faça uma escolha mais saudável a longo prazo, fortaleça os músculos do núcleo e queime mais calorias na sala. Para fazer isso, é melhor se concentrar no treinamento para todo o corpo. Realize exercícios que envolvam simultaneamente muitos grupos musculares. Isso vai queimar mais calorias e perder gordura total. Experimente exercícios HIIT (exercícios de alta intensidade). Eles têm uma combinação de exercícios aeróbicos e de força que fortalecem os músculos e o coração. 

O melhor exercício para fortalecer todo o corpo e, especialmente, os músculos do núcleo? Prancha! A barra não só afeta fortemente os principais músculos dos abdominais e da região lombar, mas também ajuda a melhorar o equilíbrio do corpo, fortalecer as costas e o peito. Até suas pernas funcionam. Portanto, conheça e ame este exercício, bem como muitos outros exercícios que desafiam todo o corpo. Por exemplo, faixas laterais, flexões e até agachamentos. Quando os músculos do núcleo e do corpo inteiro são fortes, você ficará mais magro e mais forte em geral. Sua figura ficará melhor, uma cintura aparecerá, porque os músculos da região lombar e das costas também serão fortes, e não flácidos. 

Claro, você não pode recusar torcer. Mas tente bombear a prensa apenas duas a três vezes por semana, dando aos músculos uma pausa de 48 horas para uma recuperação completa. Faça também diferentes variações de barra durante cada treino. Assim que sentir os músculos abdominais, você estará convencido de que está no caminho certo. 

Importante: lembre-se de que não é realista ter uma barriga lisa 24/7. Mesmo se você perder muita gordura no abdômen, ainda perceberá flutuações diárias no tamanho da cintura por causa do inchaço. Um estômago completamente plano não é um “estado natural” para o seu corpo. Mas se você acordar com uma barriga lisa, poderá se considerar sortudo. Você atingiu seu objetivo.

 

Dieta draconiana: por que evitar extrema perda de peso?

Dieta draconiana: por que evitar extrema perda de peso?

Uma dieta draconiana é caracterizada por uma diminuição muito significativa no número de calorias ingeridas diariamente. Embora, por vezes, dê origem a uma perda extrema de peso, esse tipo de dieta pode ter sérias conseqüências para a saúde: metabolismo lento, deficiências nutricionais ou mesmo distúrbios psicológicos. Neste artigo, descubra por que é imperativo evitar extrema perda de peso. 

Consequências metabólicas de uma dieta draconiana

Em tempos normais e quando a ingestão de energia é padrão, o corpo gasta um certo número de calorias diariamente para funcionar. Estamos falando de gasto de energia. O gasto energético inclui o metabolismo básico, ou a energia necessária para a respiração e o bom funcionamento dos órgãos, e o gasto associado à atividade física diária. 

No final, todo o metabolismo é mais lento e é assim que começa a espiral descendente das dietas draconianas. O corpo resiste e é necessário um déficit calórico cada vez maior para continuar perdendo peso. 

Extrema perda de peso e deficiências nutricionais

Uma dieta draconiana com poucas calorias é necessariamente acompanhada de uma restrição em uma ou mais categorias de alimentos: lipídios, carboidratos ou proteínas. A longo prazo, essa restrição alimentar provavelmente levará a riscos de deficiências nutricionais em macro ou micronutrientes (vitaminas, minerais e oligoelementos). Como resultado, o corpo não pode mais funcionar de maneira ideal e está superexposto a riscos à saúde que devem ser levados muito a sério. Em casos extremos, falamos de desnutrição.

Como reconhecer uma deficiência nutricional? 

Embora cada caso seja diferente, existem alguns sinais de alerta que podem sugerir uma deficiência alimentar. Especialmente se ocorrerem como parte de uma dieta desequilibrada ou de uma dieta drástica. Aqui estão os principais: 

  • Muito cansado 
  • Irritabilidade 
  • Pallor 
  • Falta de ar
  • Perda de cabelo 
  • Perda de apetite 
  • Perda repentina de peso 
  • Frio 
  • Constipação 
  • Dor de cabeça 
  • Pele sem brilho e unhas quebradiças 

Dieta drástica e distúrbios alimentares

Em certos casos e quando a restrição calórica dura ao longo do tempo, isso pode causar distúrbios psicológicos.

Primeiro, o risco de desenvolver distúrbios alimentares é significativo. Está principalmente ligado à dimensão obsessiva que o ato de comer leva a uma dieta drástica. Muita fome também pode levar a compulsões e desejos alimentares que são muito difíceis de controlar. Freqüentemente, as compulsões alimentares geram grande culpa e depois uma restrição cada vez mais severa. E assim por diante 

Se, no início, a perda extrema de peso é muito gratificante, ela pode rapidamente se tornar uma obsessão da qual é muito difícil se livrar. Agora sabemos que muitos casos de anorexia e bulimia começam com uma dieta draconiana que teria dado errado. 

Aumento do risco de ganhar peso após uma dieta restritiva

Como dito anteriormente, uma dieta drástica leva o corpo a economizar energia e armazenar mais. O risco de compulsão alimentar também deve ser adicionado a isso. Esses elementos explicam por que aproximadamente 95% das dietas restritivas levam ao ganho de peso dentro de um ano após a interrupção da dieta. Cuidado, o ganho de peso geralmente é mais importante do que o peso perdido durante a dieta, o que explica o famoso efeito ioiô bem conhecido por muitas pessoas em todo o mundo. 

Além disso, uma dieta draconiana é frequentemente abandonada rapidamente. Passado o entusiasmo pela rápida perda de peso, é necessário enfrentar os fatos: esse tipo de dieta dificilmente é compatível com uma vida social normal e realizada. De fato, o restaurante, as reuniões com os amigos e o prazer de comer geralmente são completamente esquecidos em favor de uma dieta milimétrica. 

Perda de peso: quando se preocupar?

Diante de extrema perda de peso e de uma pessoa com uma dieta drástica, certos sinais devem alarmar e incentivar a consulta. Aqui está uma lista não exaustiva desses sinais: 

  • Fadiga crônica 
  • Perda repentina de peso minimizada pelo indivíduo
  • Deprimido e irritável 
  • Palidez e frio 
  • Atitude obsessiva em relação à comida 
  • Obsessão com peso e pesagem diária 
  • Comida no centro das atenções e conversas
  • Obsessão com atividade física 
  • Disposição para cozinhar muito, para outros 
  • O assunto de comida se torna tabu 

Referência: Sinelim.

Quantas calorias por dia você deve perder para perder peso?

Quantas calorias por dia você deve perder para perder peso?

A primeira pergunta que surge quando você quer perder peso é a seguinte: quantas calorias eu preciso para perder peso? De fato, é essa ingestão calórica que é diretamente responsável pela ingestão ou, inversamente, pela perda de peso. Neste artigo, descubra quantas calorias você precisará comer por dia para perder peso.

Quantas calorias para perder peso? Calcule suas necessidades de energia

Para descobrir quantas calorias você precisa diariamente, você precisará estimar suas necessidades de energia. Boas notícias, alguns métodos e cálculos científicos permitem estimar com bastante precisão suas necessidades diárias de energia. 

Metabolismo básico 

Primeiro, é essencial calcular o seu metabolismo basal. Ou seja, a quantidade mínima de energia necessária para o seu organismo em repouso para garantir suas funções vitais: digestão, postura, funcionamento dos órgãos, manutenção da temperatura corporal, etc. 

Aqui está a fórmula de Harris e Benedict usada para calcular o metabolismo basal: 

  • Para homens  = [13,7516 x  Peso  (kg)] + [500,33 x  Altura  (m)] – (6,7550 x  Idade ) + 66,473
  • Para mulheres:  [9,5634 x  Peso  (em kg)] + [184,96 x  Altura  (em m)] – (4,6756 x  Idade ) + 655,0955

Por exemplo, para uma mulher de 35 anos medindo 1,60 me 58 kg, obtemos um metabolismo básico de: 

554.6772 + 295.935 – 163.646 + 655.0955 =  1342

Para atender às suas necessidades básicas, essa mulher precisará de 1.342 kcal por dia. 

Nível de atividade física 

Para calcular quantas calorias por dia o corpo precisa, também é necessário levar em consideração o nível de atividade física. De fato, além de garantir suas necessidades vitais, o corpo gasta calorias adicionais ligadas à atividade diária. O metabolismo básico estimado acima deve, portanto, ser multiplicado por um coeficiente correspondente ao nível de atividade diária. 

Nível de atividade física 

Coeficiente 

Sedentário  1.3
Atividade física leve 1.375
Atividade física moderada 1,55
Atividade física intensa 1.725
Atividade física muito intensa  1.9

Vamos dar o exemplo de nossa mulher de 35 anos. Se sua atividade física diária for moderada, seu metabolismo básico terá que ser multiplicado por 1,55 para obter sua necessidade calórica diária, ou  2080  kcal. 

Necessidade total de energia 

Graças aos cálculos anteriores, obtivemos uma avaliação da necessidade total de energia. No nosso exemplo, são 2080 kcal. Em outras palavras, consumindo 2080 kcal por dia, essa mulher não ganha nem perde peso. Tenha cuidado, no entanto, este cálculo tem alguns limites. Para conhecer suas necessidades da maneira mais precisa possível, é recomendável consultar um profissional de nutrição. Somente ele poderá adaptar esse cálculo de acordo com a sua organização e suas necessidades específicas.

A importância do número certo de calorias por dia para perder peso

Quando se trata de perda de peso, é tudo uma questão de equilíbrio. Calcular o número certo de calorias por dia necessário para perder peso é uma etapa essencial. 

Aqui estão as três situações possíveis: 

  • o suprimento de energia é igual ao requerimento de energia: o peso permanece estável 
  • a ingestão de energia é menor que a necessidade de energia: há perda de peso 
  • a ingestão de energia é maior que a necessidade de energia: há ganho de peso 

Para perder peso, consideramos necessário induzir um déficit de energia da ordem de 10 a 15% da necessidade total de energia. Em nosso exemplo, será necessário consumir menos de 1870 kcal por dia para uma perda de peso significativa. 

Tenha cuidado, no entanto, o déficit de energia não deve ser muito grande com o risco de causar deficiências nutricionais e mecanismos prejudiciais de enfrentamento. De fato, abaixo de um certo número de calorias, o corpo se protege economizando energia e armazenando de maneira mais importante as calorias ingeridas. Como resultado, a perda de peso se torna cada vez mais difícil e o efeito ioiô é inevitável.

Contar calorias é essencial, mas voce já pensou em emagrecer de forma rápida e segura? Existe um composto natural chamado kifina, kifina emagrece mesmo. Se informe e vai querer esperimentar.

Calcular calorias para perder peso não é suficiente

Calcular calorias para perder peso nunca é suficiente. Na prática, o corpo não apenas ingere calorias, mas sobretudo todos os nutrientes. Uma restrição calórica é inútil se a dieta não promover o consumo de nutrientes essenciais para o funcionamento do corpo. De fato, 50 kcal de biscoitos de chocolate e 50 kcal de maçã são equivalentes em termos de calorias, mas não nutricionalmente.

O conteúdo de alimentos em proteínas, lipídios, carboidratos, mas também em micronutrientes é essencial para manter um bom equilíbrio e promover uma perda de peso saudável e duradoura.

Exemplo de um menu para perder peso permanentemente

Na prática, aqui está um exemplo de um menu típico controlado por calorias para uma perda de peso saudável. Dependendo das suas necessidades específicas e do seu nível de atividade física, este menu básico terá que ser adaptado. 

Pequeno almoço  Almoço Lanche Jantar 
1 chá verde 

150 ml de leite vegetal 

40 g de muesli de nozes

Compota de 100 g sem adição de açúcar

150 g de vegetais crus 

100 g de aves 

200 g de vegetais verdes em azeite 

30 g de pão integral 

1 fruta fresca 

15 g de sementes oleaginosas 

100 g de queijo cottage com mel 

200 ml de sopa de vegetais 

100 g de peixe branco 

120 g de alimentos ricos em amido cozidos 

30 g de queijo 

1 fruta fresca